NOTÍCIAS

AL/RS – Deputados e lideranças ampliam o debate sobre a extinção de municípios
05 DE MARçO DE 2020


Prefeitos, vereadores e lideranças de 50 municípios gaúchos ameaçados de extinção, estiveram reunidos nesta quarta-feira (4), em Não Me Toque, no encontro organizado pela Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs) e pela Frente Parlamentar para Estudos dos Efeitos da PEC 188/2019 sobre os Municípios. O ato que amplia o debate sobre os efeitos da extinção de municípios no Estado foi realizado na Casa da Emater, dentro Parque de Exposições da Cotrijal Expodireto 2020.

Além das autoridades e lideranças municipais, a reunião foi prestigiada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ernani Polo (PP), acompanhado pela deputada Silvana Covatti (PP). O secretário Estadual de Agricultura, Covatti Filho, e o presidente da Emater, Geraldo Sandri, também estiveram presentes.

Sobre a PEC
O objetivo da programação foi intensificar o debate e definir estratégias para evitar que a proposta que tramita no Senado Federal afete negativamente a vida da população de 231 municípios do Rio Grande do Sul. A “PEC do Pacto Federativo” altera diversos artigos da Constituição Federal e estabelece medidas de ajuste fiscal para a União, Estados e municípios, modificando a estrutura do orçamento federal. De acordo com a proposta, municípios com menos de cinco mil habitantes que não comprovem sustentabilidade financeira até 30 de junho de 2023, deverão ser incorporados a outros municípios a partir de 1º de janeiro de 2025.

Retrocesso
O deputado Paparico Bacchi, presidente da frente parlamentar da Assembleia Legislativa – composta por 28 parlamentares de diversas bancadas, alertou para as consequências sociais e econômicas que poderão ser provocadas pela a extinção dos pequenos municípios.

“Estamos na eminência de um grande retrocesso que pode afetar a vida de aproximadamente 684 mil pessoas em 25 regiões no Rio Grande do Sul. Não podemos deixar que isso aconteça, pois há risco de ocorrer injusta distribuição de recursos federais. Assim, serviços públicos de saúde, educação, segurança e demais áreas prioritárias poderão ficar distantes do cidadão que reside nas comunidades distantes dos municípios maiores”, salientou o deputado Paparico Bacchi.

Audiência em Brasília
Durante o ato na Expodireto Cotrijal, o parlamentar anunciou que tem audiência pré-agendada com o senador Márcio Bittar, relator da PEC 188 na Comissão de Constituição e Justiça. A reunião deverá ocorrer no dia 10 de março, às 17h, em Brasília. Paparico Bacchi sugeriu que outros deputados e instituições, intensifiquem a articulação política junto aos demais senadores e deputados federais, visando alterar os artigos da PEC que afeta os municípios de pequeno porte.

O presidente da Famurs e prefeito de Palmeira das Missões, Eduardo Freire, salientou que a meta é excluir da proposta o artigo que trata da extinção dos municípios. Em sua manifestação, o representante dos prefeitos gaúchos também defendeu o fim da criminalização das instituições democráticas e dos agentes políticos.

Fonte: Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul

Outras Notícias

Anoreg RS

Parecer e despacho CGJ-RS 21/01/2022
21 de janeiro de 2022

Leia o despacho da CGJ-RS, que foi apreciado a partir dos fatos levados pela Associação dos Notários e...


Anoreg RS

Instrução Normativa DREI/ME Nº 112/2022 altera leis no que tange ao Registro Público de Empresas Mercantis
21 de janeiro de 2022

Dispõe sobre as alterações promovidas pela Lei Complementar nº 182, de 1º de junho de 2021, Lei nº 14.193, de...


Anoreg RS

Projeto permite que condomínios residenciais adquiram personalidade jurídica
21 de janeiro de 2022

Objetivo é resolver problemas burocráticos que alguns deles têm enfrentado, como dificuldade para compra e...


Anoreg RS

Artigo – Sou filho único. Preciso mesmo abrir um inventário?
21 de janeiro de 2022

Inventário é a abertura de um processo judicial ou extrajudicial, no qual é feita a descrição de todos os bens...


Anoreg RS

O falecido deixou apenas bens particulares. Tendo união estável, tenho direito nessa herança?
21 de janeiro de 2022

Os bens particulares são aqueles que não são comuns ao casal


Anoreg RS

Artigo – Impactos da medida provisória 1.085/21 na contagem dos prazos nos registros públicos
21 de janeiro de 2022

Alterações promovidas no art. 9º da LRP, com a inserção de três parágrafos que versam sobre a contagem dos...


Anoreg RS

Mães poderão registrar com dupla maternidade filho fruto de inseminação caseira; decisão cita Enunciado IBDFAM
20 de janeiro de 2022

Duas mulheres, casadas desde 2020, realizaram no início de 2021 um procedimento de fertilização em clínica de...


Anoreg RS

Jornal Contábil – Nova lei da recuperação judicial abrange também os produtores rurais!
20 de janeiro de 2022

Safra 2021/22 será a primeira em que agricultores terão, desde o começo do cultivo, recurso que garante fôlego...


Anoreg RS

IRIB recebe sugestões de emendas à MP n. 1.085/2021
20 de janeiro de 2022

Contribuições poderão ser enviadas por qualquer Registrador Imobiliário ao e-mail específico.


Anoreg RS

“Muitas pessoas transgêneras, por desinformação, por falta de recursos ou mesmo por simples desleixo, ainda não se valeram dos benefícios da desjudicialização”
20 de janeiro de 2022

No mês da visibilidade trans, o Irpen/PR conversou com Letícia Lanz, especialista em Gênero e Sexualidade e...